Meu segundo ano na faculdade, comecei a ficar doente e minha mãe tinha medo de que fosse câncer.

Fui a muitos médicos, mas ninguém podia me dizer o que estava errado. Depois de milhares de dólares em testes diagnósticos, eles me diagnosticaram com síndrome do intestino irritável e me disseram para ir para casa e beber mais água e comer mais fibras.

Então, fui para casa e comprei um grande saco de ameixas secas e comecei a comer.

Isso não ajudou.

Um dia eu estava tão doente, que a dor era excruciante. Eu estava deitado em minha cama e mal podia me mexer - só de me mexer apertaria tanto meu estômago que eu vomitaria e depois (só para dar uma idéia de como era), eu vomitaria e secaria durante horas até ficar tão desidratado que ficava exausto e isso me colocaria para fora por 2-3 dias.

Você já sentiu como se fosse morrer? Eu estava tão perturbado, sentia que ia morrer e estes episódios estavam acontecendo com tanta freqüência e tantas vezes que eu estava desesperado.

Em minha infância, eu tinha ouvido a história de um santo que havia rezado a Deus em seu leito de morte e prometido que dedicaria sua vida a Deus se Deus o curasse. E eu pensei, talvez isso pudesse funcionar para mim.

Rezei a Deus com toda a minha intenção, com cada grama do meu ser - eu não retive nada. Eu disse: "Se você me mostrar o caminho, farei o que for preciso". Eu farei o que você quiser que eu faça". Se você me curar, eu dedicarei minha vida a você".

Deus respondeu à minha prece. Mas não era o que eu esperava ou como eu pensava que Ele iria...

Acima Próximo: Deus responde a minha prece